segunda-feira, 6 de maio de 2013

As operárias da Propaganda

O Office of War Information (OWI) foi uma agência governamental norte-americana criada em 1942, após a entrada do país na segunda guerra mundial. Concentrava em si a gestão de imagem e informação num país em guerra, visando estimular o patriotismo, fomentar o esforço de guerra e informar quer os cidadãos americanos quer os habitantes das terras onde o país combatia.
Enquanto estrutura herdava a componente de informação da Farm Security Administration (FSA), uma outra agência americana, criada por Franklin Roosevelt, uma oleada máquina de informação que os detractores do presidente, e do seu New Deal, descreviam como sendo um organismo de propaganda feito à imagem de congéneres de regimes totalitários seus contemporâneos, como o soviético e o nazi.

Arthur Rothstein, Agricultor e filhos...tempestade de pó, 
Oklahoma, E.U.A., 1936
Imagem da FSA,  obtida aqui


Se quanto à FSA, e ao seu programa  fotográfico, a questão ainda é alvo de discussão, se se trataria de fotografia estritamente documental, de Propaganda, ou de uma mistura das duas coisas, sobre os projectos fotográficos do OWI não há grandes dúvidas. Perpassa por eles um claro objectivo propagandístico e muitas vezes a encenação dos conteúdos é óbvia.

Uma das funções do organismo era promover a participação das mulheres na indústria de guerra americana, uma participação fundamental uma vez que grande parte da população masculina em idade combatente fora incorporada nas forças armadas, depauperando os contingentes laborais.


Emblemáticas deste propósito são as fotografias a cores de Alfred Palmer e de Howard  Hollem. Jovens mulheres aparecem de forma determinada a executar tarefas fabris e de manutenção, mostrando simultaneamente força e feminilidade. Os cenários e as poses são clara e criteriosamente escolhidos, a iluminação cuidada e as vestes das operárias raramente sujas.


Alfred T. Palmer, Acabamentos num bombardeiro B-17, 
E.U.A., Outubro de 1942
imagem do OWI, obtida aqui
Alfred T. Palmer, Operária em formação, 
Long Beach, Califórnia, E.U.A., Outubro de 1942
imagem do OWI, obtida aqui

Howard R. Hollem, Irma Lee McElroy, 
Corpus Christi, Texas, E.U.A., Agosto 1942
imagem do OWI, obtida aqui

Howard R. Hollem, Lucile Mazurek,
Milwaukee, Wisconsin, E.U.A., Fevereiro de 1943
imagem do OWI, obtida aqui

A América determinada e forte destas imagens, uma nação que queria ganhar uma guerra,  numa iconografia mais próxima da publicidade do que do documentarismo, está a anos-luz daquela que as imagens iniciais da FSA propagavam, destroçada pela Grande Depressão e necessitada do resgate do New Deal de Roosevelt.

____________________________________________________________________

Sem comentários:

Publicar um comentário