terça-feira, 30 de abril de 2013

Na barriga de um boi

Richard e Cherry Kearton, felino, sem data
Arquivos do Natural History Museum, Londres


Os irmãos Kearton foram os pioneiros britânicos que, em pleno século dezanove, praticamente criaram a fotografia de Natureza. Dotados de um enorme voluntarismo, venceram quer as limitações técnicas da época, quer o facto dos seus modelos, aves e mamíferos selvagens sobretudo, serem pouco dados a colaborar.
Sem uma estrutura de apoio, sem experiências anteriores para os orientar, apenas o seu grande conhecimento da vida selvagem das ilhas britânicas e a sua capacidade de improvisação lhe garantiram o sucesso. Fieis ao principio de que não havia problema que não se resolvesse "com jeito e uma corda", ficaram famosas as pouco ortodoxas estratégias para conseguir imagens, que envolviam equilibrismo, malabarismo e disfarces. Penduravam-se em penhascos, trepavam árvores, empoleiravam-se e equilibravam-se nos mais estranhos sítios. Sabedores de que a bicharada tolerava tudo menos a presença da figura humana, construíram abrigos-esconderijo a partir de animais empalhados, bois e carneiros, ou em forma de rocha. Chegaram mesmo a ter um pequeno abrigo semelhante a uma casa  rústica que carregavam pelos campos.

Richard e Cherry Kearton, Boi empalhado, 1890's
imagem obtida aqui


Este procedimento proporcionou, claro, algumas desventuras, quedas e lesões. Pequenas desgraças plenas de potencial cómico que nos fazem lembrar o humor físico dos comediantes de cinema mudo (Charles Chaplin, Buster Keaton e companhia) que alguns anos depois divertiriam milhões de espectadores pelo mundo fora. Este divertido potencial não escapou ao radar da escritor e ilustradora norte americana Rebecca Bond.

Partindo dum episódio em que os irmãos se aventuram nos campos com um boi empalhado, a escritora criou um pequeno livro infantil ilustrado intitulado "In the belly of an Ox", publicado pela Houghton Mifflin Books  de Boston, nos Estados unidos.

Rebecca Bond, capa de "In the belly of an Ox",
da Houghton Mifflin Books


Rebecca Bond, página de "In the belly of an Ox",
da Houghton Mifflin Books

Não há, tanto quanto eu sei, tradução em língua portuguesa. E é pena. Seria um livro bem vindo na biblioteca aqui de casa...

____________________________________________________________________

Sem comentários:

Publicar um comentário